• A ADPP Angola celebrou 30 anos criando desenvolvimento em todo o país, em parceria com o governo, comumidades e parceiros

  • A ADPP opera 45 projectos em 42 municípios de 18 províncias nas areas de educação, saúde comunitária, agricultura e desenvolvimento rural

  • Junto com o Ministério da Educação, a ADPP opera 15 escolas de formação de professores e graduou 9644 profesores primarias desde 1998

  • ADPP tem: 900 trabalhadores, 4000 voluntários, 1000 professores estagiários em 92 municípios, alcançando 700.000 pessoas

Foco sobre Angola - 8ª Classe EPP Benguela

O Foco sobre Angola, faz parte do programa escolar. Movidos nesse espírito investigativo.

Desta forma, partiram às 6 horas do dia 9 de Outubro, 43 estudantes da 8ª classe acompanhados por 6 professores para o município do Ukuma. A viagem correu da melhor forma possível, havendo apenas uma falha por parte dos responsáveis da locomotiva na hora do desembarque do pessoal na estação do Ukuma, dando menos minutos que impossibilitaram os estudantes a descerem em segurança. Esta falta de atenção fez com que 24 estudantes e 2 professores bem como alguns bens da logística, fossem levados até ao Chenga Povoação. Para dar cobro a situação, o responsável do grupo, ligou ao Director de Gabinete de sua Excelência Sr. Administrador Municipal, que por sua vez deu orientação ao chefe de Repartição Municipal da Educação para fazer merecer o apoio ao grupo ora referenciado.

Uma vez ultrapassada a situação, ficámos alojados na antiga Escola de Artes e Ofícios, actualmente Centro de Formação Profissional Fadário Muteka, pertencente ao Ministério da Indústria sob direcção do Sr. Dr. Miguel Tchipangulula.

As actividades começavam diariamente com o toque de despertar, para rapidamente rumar ao campo adjacente a escola de Artes e Ofícios, local onde nos hospedámos. Tirando o pessoal de cozinha, todos participavam das actividades matinais (desporto) pela importância que tem na nossa saúde, bem como a intensificação da interacção e o conhecimento mútuo entre estudantes e professores. A actividade teve sempre lugar no período que ia das 06 às 07 horas. Das 09 horas em diante, começavam as actividades de investigação dentro das instituições e localidades constantes do nosso programa:

Visita ao Rio Tonga: Um rio de grande simbolismo na vida da comunidade, pelo facto das suas margens acolherem cultivos valiosos e bastante diversificado, constituindo suporte de vida de toda comunidade. Do contacto com esta realidade natural, os estudantes ganharam a noção de como os habitantes da mesma localidade (Ukuma), conseguem obter os meios de sobrevivência, trabalhando a terra.

Visita ao Comando Municipal do Ukuma da PNA: Logo que o grupo de estudantes e professores acompanhantes chegou ao Comando Municipal do Ukuma, mereceu uma calorosa recepção por parte do Chefe da Área de Trânsito que de imediato nos acomodou no jango que serve como sala de reuniões. O responsável do grupo foi levado em particular para um encontro preliminar com o Superintendente-Chefe, Benedito Paquissi, Comandante Municipal. Aflorado o motivo da visita, o respectivo Comandante, a respondeu todas às inquietações do grupo visitante. Na sua primeira locução, saudou e encorajou o trabalho desenvolvido pelo projecto ADPP, enquanto valioso parceiro do Governo Angolano na promoção do cidadão em múltiplas vertentes. Segundo ele, o nosso programa de visita investigativa esteve sempre presente na sua agenda apesar de alguns adiamentos ocorridos, devido o período da campanha eleitoral e recentemente a visita de Sua Excelência Presidente da República. No município, o senhor Comandante disse: É natureza desta franja social da população Angolana ser educada, afável socialmente e as demais coisas boas que esse povo apresenta são frutos de uma boa educação que se verifica no centro-sul de Angola isto é: No Bié, Huambo, Benguela e Huíla.

Um aluno perguntou sobre crime o Comandante disse: Tem havido sim. Os indicadores não passam de 0,1 a 0,2 crimes por semana, mas a maior manobra investigativa da polícia tem frustrado várias práticas, onde os seus autores têm sido capturados antes de praticarem as suas intenções.

Estudantes e professores na Estação do Ucuma, Huambo

Estudantes e professores na Estação do Ucuma, Huambo

Os estudantes conversaram com muitas pessoas durante as investigações

Os estudantes conversaram com muitas pessoas durante as investigações

Visita ao Centro de Formação Profissional Fadário Muteca:
Muito antes de chamar-se Centro, foi a Escola de Artes e Ofícios, pertencendo ao Ministério da Indústria. Foi criado com a finalidade de reciclar funcionários e técnicos provenientes das Indústrias. A Instituição administra os seguintes cursos: Electricidade, Pedreira, Canalização, Electrónica, Carpintaria, Mecânica-Auto, Corte-Costura, estes fazem parte do leque dos cursos técnicos. Quanto aos administrativos temos os seguintes: Informática, Gestão e Contabilidade. 

Tendo em conta as características do município, existem um projecto em carteira quanto à inserção do curso agropecuário, o único impedimento que possa travar é a falta de água. O campo da prática dos estudantes existe ao redor da instituição.

Caminhada: Tendo começado às 09 horas de domingo, o grupo de estudantes e professores propuseram-se conhecer as reais componentes da montanha Nené (nascente do Rio Tonga). Tudo começou bem, estudantes e professores entusiasmados com a investigação, mas que depois de uma hora e meia de caminhada a actividade teve um sobressalto. 

Finalmente, podemos dizer que da interacção com a comunidade que tivemos, bem como a investigação no seu contexto geral fomos bem-sucedidos. De acordo ao conteúdo e confirmação das imagens plasmadas no nosso relatório confrontados com o nosso programa que nos levou ao município do Ukuma.

Regressámos desta localidade com uma visão mais ampla relativamente ao pouco que sabíamos acerca dela, e acreditamos que com o passar do tempo e a visão do novo Governo em acabar com as assimetrias regionais, o município do Ukuma face ao potencial que possui irá oferecer maiores e melhores oportunidades de crescimento para o desenvolvimento.

Contacto ADPP Angola

ADPP Angola
Rua João de Barros, 28
Luanda CP 345
912 31 08 60
adpp@adpp-angola.org
Facebook.com/adppangola
Comentários ou consultas no site:
webmaster@adpp-angola.org

Relatório Anual de 2018 da ADPP Angola

fb share

45 projectos em 42 municípios nas 18 províncias: Conheça tudo no nosso novo relatório